Como, em Portugal, torturam idosos, 20-10-2017

Vamos a números para perceberem melhor o que significa ser penalizado em 30% da sua reforma no fim da uma vida de trabalho em prol dos que cá ficam.

Se, pelo que descontou ao longo da vida, tiver direito à pensão de 1000 euros, retiram-lhe 300 e só recebe 700. E, com estes 700, já no último ano de vida, terá de pagar lar, fraldas, taxas “moderadoras” de saúde, etc., etc.!

Mas, num ano de vida, tiraram-lhe 4200 euros. Se durar 10 anos, tiraram-lhe 42000 (Quarenta e Dois Mil Euros)!

Que crime odioso terá cometido este idoso ou esta idosa para lhe aplicarem uma pena de 42 mil euros, já perto da sua morte?

Um “crime” que, pela sua “extrema gravidade” nem sequer terá qualquer hipótese de comutação ou de passar a “liberdade condicional”, porque, segundo assegurou o Ministro, não pode haver retroactividade da lei!

Que sociedade é esta que assim trata os seus idosos?

António José de Matos Nunes da Silva

 

 


Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s