A grave injustiça que anunciam para o IRS 2018, 10-10-2017

Concordo com o desdobramento dos 2º e 3º escalões mas discordo do congelamento do 4º escalão. Este exemplo demonstra porquê:

Quem tiver rendimento mensal bruto de 2900 bruto, nos 14 meses recebe 40600 brutos anuas e está no 4º escalão

Empregado por conta de outrem, único titular, sem filhos, vemos nas tabelas de retenção actuais que desconta 28,5% de IRS, ou seja desconta 826,5. Ficaria portanto com rendimento líquido de 2073,5 mensais.

Mas, descontando 3,5% para o subsistema de saúde, o líquido final é de 1972 euros.

Rico?

 

Vejamos agora o caso de contribuinte que tem 2870 brutos mensais. Está no 3º escalão.

Nas mesmas tabelas de retenção consta descontar 27,7% para IRS. Descontando também os 3,5% para o subsistema de saúde o seu líquido final é de 1980,30 euros.

  Portanto, e já este ano, há inversão nos rendimentos líquidos!

 

E, pior ainda, o do 3º escalão já não paga sobretaxa, enquanto o do 4º só deixa de pagá-la em Dezembro!

Mas noticiam que, para 2018, estão pensando melhorar o IRS do 3º escalão e congelar o do 4º!

Se o decidirem, agravam – e muito – a injustiça actual!

António José de Matos Nunes da Silva

 


Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s