As penalizações nas reformas antecipadas, 8-8-2017

O cancro que representa para muitos milhares de pensionistas as penalizações por reformas antecipadas e por “esperança de vida” foram agravadas em governo de Passos Coelho, mas iniciadas em governo de Sócrates, por este Ministro, conforme já recordei.   Penalizações que são na prática uma expropriação (para não usar nome mais feio) de descontos  que os pensionistas fizeram nos seus ordenados, ao longo da vida, para a sua reforma.

Que se limitem as propor que uma pequena parte vá melhorar (só os que fizeram trabalho infantil), nunca consolará a grande maioria dos outros, que continuarão massacrados.

E que esperança podem ter de se vir a pôr fim às degradantes penalizações, acabando com tão grave humilhação e sofrimento de tantos milhares de idosos e deficientes que, por vicissitudes da vida, se viram forçados a pedir antecipação de reforma? Penalizações que lhes perdurarão, até ao último suspiro sua vida!

António José de Matos Nunes da Silva

Oeiras

 

 

From:

Sent: Tuesday, August 8, 2017 9:30 AM

To: undisclosed-recipients:

Subject: Eugénio Rosa – Sobre as Reformas e Aposentação antecipadas

 

 

 

ATENÇÃO: Se tiver interesse em aceder  ao estudo, clique no LINK que está a seguir pois ele dá acesso direto e imediato ao ficheiro que está no servidor. No acaso de não ser possível o acesso, o estudo está disponível em www.eugeniorosa.com na pasta “ULTIMO ESTUDO” e, se mesmo assim não tiver acesso a ele, e estiver interessado em o ler  agradecia que enviasse uma mensagem para edr2@netcabo.pt que lhe será enviado o estudo. Obrigado.

LINK:/Sites/eugeniorosa.com/Documentos/2017/28-2017-reforma-antecipada.pdf

Exmo.(a) Sr.(a)

Neste estudo que envio com o titulo” REFORMA E APOSENTAÇÃO ANTECIPADAS SEM PENALIZAÇÕES SÓ POSSÍVEL COM 48 ANOS DE CONTRIBUIÇÕES OU TER COMEÇADO A DESCONTAR COM 14 ANOS OU MENOS DE IDADE : um alerta aos trabalhadores analiso o projeto de decreto sobre a reforma e a aposentação antecipadas que o governo acabou de apresentar na concertação social com o qual pretende adiar para as calendas gregas a revisão dos regimes de reforma e aposentação antecipadas que se tinha comprometido publicamente a fazer.

O governo pretende que só os trabalhadores  com mais de 60 anos e com 48 ou mais de descontos, ou então com 46 de descontos mas que tenham começado a descontar com 14 anos ou menos (trabalho infantil) é que se poderão reformar ou aposentar sem qualquer penalização, que são uma minoria mutio pequena. Aos restantes trabalhadores quer do setor privado quer do setor público continuar-se-á a aplicar as leis aprovadas pelo governo PSD/CDS que são duplamente penalizadores como mostro mais uma vez..

Espero que este estudo possa ser um alerta para a participação ativa dos trabalhadores na defesa dos seus direitos e interesses

Com consideração

Eugénio Rosa

Economista


Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

w

Connecting to %s