A miserável “solidariedade” promovida por políticos, 30-6-2017

Correio da Manhã online:

Família de militar assassinado no Mali só recebe 1263 euros Verba atribuída para despesas de viúva e filhas de Gil Benido.

Ler mais em: http://www.cmjornal.pt/portugal/detalhe/familia-de-militar-assassinado-no-mali-so-recebe-1263-euros?ref=HP_Grupo1

 

Foi assassinado quando e por estar ao serviço de Portugal mas, porque é militar, esta miséria de “apoio” (?) à sua família não dá lugar a interpelações no Parlamento nem será suficientemente mediática para as TVs o evidenciarem e, com o seu poder, promoverem que se faça JUSTIÇA em Portugal!

António José de Matos Nunes da Silva

 


Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s