Trump, Merkel e o nosso futuro, 29-5-2017

Apesar das galegadas de Trump, é preciso cuidado com a reacção de Merkel ao afirmar que “precisamos de saber que temos de ser nós a lutar pelo nosso próprio futuro, pelo nosso destino, como europeus”

Lutar pelo “nosso” futuro em quê?

O encontro foi sobre a NATO portanto a aparente “conclusão” de Merkel será sobre defesa militar. A sua frase dá pois a entender “duvidar” que a defesa da Europa possa contar no futuro com os EUA.

Se for esse o caso, para a UE ser militarmente autónoma, duas coisas seriam necessárias: Os países da UE aumentarem a sua capacidade militar e portanto terem de despender até bem mais do que os 2% do PIB e ser criado um exército europeu comandado, claro, pela Alemanha e França.

A caminho do secular sonho germânico?

E rivalizando económica e militarmente com o eixo EUA-UK?

Portugal é europeu mas é também atlântico. Essa eventual rivalidade não é de todo do nosso interesse nacional.

Acontece também que Trump poderá não ser reeleito ou até não concluir este mandato. Serão as mesmas as intenções dos EUA num futuro não muito longíncuo?

Parece-me portanto precipitada a imediata concordância de alguns e em especial do PR com a frase de Merkel.

António José de Matos Nunes da Silva

 


Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

w

Connecting to %s