Falsos recibos verdes 1-11-2015

Público online:

Segurança Social envia 25 mil suspeitas de falsos recibos verdes à inspecção do trabalho

Por Raquel Martins 01/11/2015 – 07:33

Em causa estão os trabalhadores independentes que recebem 80% dos seus honorários de uma mesma entidade, o que pode configurar falsas prestações de serviços.

……………………………………

“A informação relativa ao número de empresas consideradas “entidades contratantes” – porque beneficiam de 80% do valor total da actividade do trabalhador independente – e de trabalhadores nessa situação é recolhida pelo ISS através das comunicações apresentadas pelos próprios trabalhadores independentes, que têm de identificar a lista das entidades às quais prestaram serviços e o valor dos honorários recebidos.”…………………………………………………………….

Em 2014, o ISS tinha enviado à inspecção uma lista com 18.890 entidades contratantes, abrangendo 46.038 trabalhadores independentes. A ACT esclarece que essa lista, relativa às declarações de rendimentos de 2012, “teve de ser trabalhada, uma vez que continha situações não enquadráveis nas competências da ACT”, tendo sido realizadas 480 inspecções às empresas.”

http://www.publico.pt/economia/noticia/seguranca-social-envia-25-mil-suspeitas-de-falsos-recibos-verdes-a-inspeccao-do-trabalho-1712947?page=-1

Meu comentário:

Antonio Jose de Matos Nunes da Silva

OEIRAS

10:59

Algumas perguntas derivadas da filosofia da coligação ainda no Governo:

Mas não é o sector privado que deve ser libertado de todas as “cangas” do Estado?

Quanto custará ao Estado esta inspecção e o consequente trabalho do Ministério Público e dos Tribunais?

Mas deve o Estado encolher, “libertando” o sector privado de tão complexa actividade de regulação e inspecção?

Devem ou não os que trabalham ou trabalharam para o Estado ser escolhidos para pagar os desvarios de quem governou e garantir a ganância de quem financiou tais desvarios?

É que assim parece, ao ligarmos a TV e ouvirmos comentadores convidados, ao lermos jornais.

O dinheiro compra muita “consciência”!

António José de Matos Nunes da Silva

Oeiras

 

 


Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s