A CGD a criar “impostos”

A Caixa Geral de Depósitos já estará a antecipar providências para compensar o rombo que o Novo Banco irá provocar nos seus lucros.

Como?

Com novo preçário a vigorar a partir de 1-1-2016.

Agravando custas dos “serviços” que prestará aos seus depositantes. Não por tais “serviços” terem mais custos para a própria Caixa. Pura e simplesmente porque deseja mais lucros.

Com maior incidência nos infelizes com pouco dinheiro.

Entre diversos outros agravamentos, como as anuidades de cartões de débito ou crédito, cobrava comissão por quem lá tinha, entre depósito à ordem e outras aplicações, uma média de menos de 3500 euros –mensais. Os 3500 passarão a 5000!!! Comissão que é acrescida de 23% de IVA e de 4% de imposto de selo!!!

Porque a banca é o oásis da “austeridade”

Um exemplo flagrante do que decidiram estes gestores de uma empresa do Estado onde ganham num só mês aquilo que alguns auferem num ou mais anos:

Alguém que receba o seu ordenado pela CGD, desemprega-se. Terminado o período em que recebe subsídio de desemprego, passa a subsistir durante algum tempo à custa de algumas pequenas economias que fora acumulando, depositadas na CGD.

Dinheiro que a Caixa foi usando para emprestar a outrem, ganhando juros.

E esse desempregado de longa duração passa a pagar comissão à CGD.

Só por agora lá ter menos de 5000 euros!!!!

António José de Matos Nunes da Silva

Oeiras

 


Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s